Sínodo dos bispos: Os jovens, a fé e o discernimento vocacional

Com a intuição do Papa Francisco em relação aos jovens “ quis que  estivésseis no centro da atenção, porque trago-vos no coração”, assim é apresentada a motivação para o sínodo dos bispos. Esse é um convite a sair e lançar-se na caminhada. E essa queremos trilhar juntos. 

Um mundo melhor se constrói graças a vós, a vossa vontade de mudança e à vossa generosidade. Não tenhais medo de escutar o Espírito que vos sugere escolhas audazes, não demoreis quando a vossa consciência vos pede para arriscar e seguir o Mestre. Também a Igreja deseja colocar-se na escuta da vossa voz, da vossa sensibilidade, da vossa fé. Até mesmo das vossas duvidas e das vossas críticas. Fazei ouvir o vosso grito, deixai-o ressoar nas comunidades fazei-o chegar aos pastores. Assim Papa define o sínodo dos bispos. 

Assim a Igreja decidiu perguntar-se sobre como acompanhar os jovens para reconhecer e acolher o chamado ao amor e à vida em plenitude, e também para pedir aos próprios jovens para ajuda-la a identificar as modalidades hoje mais eficazes para anunciar a Boa Nova. Por meio dos jovens, a igreja poderá perceber a voz do Senhor que ressoa também hoje.

Para isso, foi criado um documento preparatório para a XV Assembleia Geral Ordinária: “os jovens, a fé e o discernimento vocacional”. Dessa forma dá-se início à fase de consulta do povo de Deus. Nele está prevista uma consulta a todos os jovens por meio de um site da internet, comum questionário sobre as suas expectativas e suas vidas. As respostas constituirão a base da redação do Documento de trabalho (Instrumentum Laboris), que será o ponto de referência para a discussão dos padres sinodais. 

O documento de preparação nos ajuda a refletir sobre alguns aspectos importantes, entre eles: os jovens no mundo de hoje; Fé, discernimento, vocação; a ação pastoral; e o questionário. Esse de sua importância para o bom andamento do sínodo. 

Nessa perspectiva convidamos a todas as comunidade e jovens, que participam da comunidade e também e de modo especial os que não participam, a contribuir respondendo ao questionário. Assim conseguiremos compreender o mundo juvenil e tentar dar luzes a caminhada de discernimento vocacional. 

Que possamos construir junto esse sínodo com a nossa participação e empenho. Que Maria, que deu o seu sim, ajude a fortalecer a nossa caminhada. 

Pe Tiago Adão Megier

Coordenador do Setor Juventude da Diocese de Cruz Alta

Publicada em 21/06/2017 às 08:07:09

Mitra Diocesana - Rua Duque de Caxias, 729 - Cruz Alta RS, 98005-200 - (0xx)55 3322-6920