Mudar aquilo que podemos

Artigo - As mudanças fazem parte da vida. Decidir sobre mudar é algo normal para o ser humano. Existem mudanças reais, desejadas, mas também mudanças que fazem parte do imaginário. A mudança, às vezes, não pode ser a que queremos. Ela precisa ser a que podemos.

Acompanhamos diariamente mudanças aceleradas, velozes, que ocorrem sem serem pensadas, sem “medir” possibilidades e, consequentemente, muitas vezes, ineficazes.  A velocidade com que as informações são transmitidas coloca o ser humano em uma grande confusão, pode-se dizer em conflito, em estado permanente de alerta, mas de muita incerteza. O imaginário, o real e o ideal confundem-se. Assim como a segurança se mistura com as inseguranças, o irreal parece real.

Olhar para o mundo como se fosse um espelho ajuda-nos a “clarear” a realidade. Nele enxergamos horizontes, os quais são os nossos próprios horizontes. Assim, quando alguém pensa e enxerga um mundo aborrecedor e que nada de bom acontece é porque ainda está olhando para uma “realidade” que imagina. Talvez fantasiosa.  É necessário olhar para a realidade que se pode, ou seja, aquilo que é real, encarar o espelho. O mundo se apresenta da maneira que eu consigo ver. 

Alguns meios de comunicação social suscitam e instigam o olhar para o imaginário. Deixam as pessoas insatisfeitas com a realidade; elas deixam de viver o presente, o aqui e agora; vivem envoltas numa ânsia do futuro e, muitas vezes, ilusório. 

O espelho nos ajuda a visualizar o real e indica o que se pode mudar. Ele reflete o real, o que se coloca diante dele.  Só se enxerga o que a ele se apresenta. Nele o ilusório, o irreal, o imaginário não é possível. Neste exemplo não há espaço para a mudança que queremos ou imaginamos, mas somente para a real mudança que podemos concretizar. Coloquemo-nos diante do espelho, do mundo real e vejamos quais mudanças podemos realizar em nós e, como consequência, no mundo.

Pe Aldecir Corassa

Coordenador de Pastoral

Publicada em 21/06/2017 às 08:20:46

Mitra Diocesana - Rua Duque de Caxias, 729 - Cruz Alta RS, 98005-200 - (0xx)55 3322-6920