O católico e o dízimo

                          Um dos temas com os quais vamos nos ocupar neste ano de 2015 é o dízimo. Na assembleia paroquial sentimos que essa temática ainda não está bem compreendida pelo cristão católico. Mesmo tendo sido implantado como pastoral, ainda a maioria o vê como uma taxa para ser sócio da Igreja. Dado essa realidade ainda somos obrigados a apelar a rifas, bingos, bailes, quermesses, inclusive com venda de bebida alcóolica, para manter nossa Igreja.  Isso pode mudar, mas será necessário compreender o sentido bíblico do dízimo. Faremos isso, mediante 4 aspectos: retomada das equipes de pastoral do dízimo, formação com as equipes, celebração do dízimo com missionário do MEAC; formação através do boletim paroquial.

                         Um texto bíblico que chama a atenção está em Gn 4,3-4: “Aconteceu, tempos depois, que Caim apresentou ao Senhor frutos do solo como oferta. Abel, por sua vez, ofereceu os primeiros cordeirinhos e a gordura das ovelhas. E o Senhor olhou para Abel e sua oferta, mas não deu atenção a Caim com sua oferta ” (Gn 4,3-4)

                       O intrigante nessa passagem é como Deus pode fazer diferença entre duas ofertas? O que se deu é que Abel ofereceu os primeiros cordeirinhos, ou seja, o primeiro e o melhor ele ofereceu como gratidão a Deus. Não pensou em servir-se a si próprio, para somente depois oferecer as sobras do seu rebanho. Por isso Deus olha com agrado para sua oferta. 

                     Caim agiu com mesquinhez. Tomou para si o que prestava e os frutos ruins (refugos) levou como oferenda a Deus. Aqui vem uma lição preciosa: Quer ser dizimista e não um eventual pagador de taxas? Quando receberes teu salário, ou transformares o fruto da terra em dinheiro, separe imediatamente o que você estabeleceu como forma de gratidão e o leve a sua comunidade. Não deixe para dar o dízimo no final do mês, ou no final do ano.  Essa atitude não é cristã, pois significa “primeiro eu e minhas vontades e se sobrar darei o dízimo”.     


Publicada em 26/02/2015 às 04:44:21

Mitra Diocesana - Rua Duque de Caxias, 729 - Cruz Alta RS, 98005-200 - (0xx)55 3322-6920