O ser humano é recriado pelo amor e misericórdia de Deus

Convido-vos a meditar o tema da misericórdia e bondade de Deus. O olhar de Deus nos refaz e nos transforma. Sua palavra recria o ser humano, representa vida e salvação, e não a condenação. 

A meditação nos convida a confiar no amor misericordioso de Deus. Essa confiança nos torna mais generosos ao convite do Reino. Meditamos o tema pecado-misericórdia na certeza do perdão de Deus, sob o olhar de Cristo crucificado que, em sua cruz, vence o pecado do homem e oferece a todos a salvação. Somos salvos pelo amor gratuito de Deus, revelado em Jesus Cristo, sacramento do amor do Pai, que nos liberta do pecado, porque nos ama. 

Poder perdoar é dom de Deus; quem perdoa vive a experiência de ser amado pelo Pai; sua misericórdia é modelada pela misericórdia divina. Jesus nos apresenta o perdão fraterno como característica do ser cristão, e perdoar liberta quem perdoa. 

Em nossos relacionamentos, damo-nos conta de que até as pessoas que mais nos amam poderão eventualmente nos magoar. A maldade existe em qualquer ambiente humano, inclusive em nossas famílias, casas religiosas e paróquias. Por isso, a desculpa e o perdão são sempre necessários. As pessoas que se recusam a perdoar vivem, muitas vezes, mergulhadas na amargura e na crítica. Perdoar não é fácil, uma vez que vai contra nossos desejos egoístas de estarmos certos o tempo todo; é sempre um exercício de humildade. Perdoar é um ato de amor que cura tanto quem perdoa quanto quem é perdoado. Nos Evangelhos vemos que Jesus enfatizou o perdão em seu ministério de amor.

 Todos têm pecados, mas nem todos têm pecados muito graves. É importante reconhecer o dinamismo do pecado em nossa vida. Pedir ao Senhor que ajude a ver o próprio pecado, o mal, a ruptura e o sofrimento que o pecado provoca. Um dom a pedir é ver a graça de Deus atuando em mim. Em nossa vida se faz presente a força salvadora, o perdão, que vem de Deus.

A oração de misericórdia nos anima a nos deixar contemplar por Jesus e acolher o perdão. Anima também a nos perdoar entre nós mesmos. 

Jesus é o modelo e inspiração na vida de perdão!!!


Sem. Mauricio Guth Trevizan

Acadêmico do 1º Sem de Teologia


Publicada em 26/02/2015 às 04:48:41

Mitra Diocesana - Rua Duque de Caxias, 729 - Cruz Alta RS, 98005-200 - (0xx)55 3322-6920