Diocese de Cruz Alta presente no 47º Canto Litúrgico Pastoral

Após participarem do Seminário Regional de Liturgia que aconteceu no mês de junho em Veranópolis, novamente, os liturgistas e animadores litúrgicos da Diocese estiveram reunidos. Desta vez, o grupo esteve em Porto Alegre para o 47º Canto Litúrgico Pastoral promovido pelo Setor da Música do Regional Sul 3 da CNBB que ocorreu nos dias 28 e 29 de julho.

O encontro, que trouxe como tema: “A minha alma engrandece ao Senhor” em alusão ao Ano Nacional Mariano, contou a assessoria de três referências da música litúrgica do Brasil. Pe. José Carlos Sala, Frei Luiz Turra, e Pe. Gustavo Hazz. Além de representantes de 15 Arqui/Dioceses, esteve presente o Bispo Referencial para Música Litúrgica no estado, Dom Irineu Gassen.

Conforme os representantes da Diocese de Cruz Alta, a música expressa o mistério de Cristo e é importante instrumento de evangelização. “Nossas comunidades precisam de músicos capacitados a conduzir a assembleia a uma participação ativa, consciente e congregada no Espírito Santo”, relatam. 

“Diante da proposta do 47º Canto Litúrgico Pastoral de refletir a presença da Mãe de Jesus nas celebrações, e ainda, enquanto membro de uma comunidade que à Ela é consagrada, sob um de seus títulos: Nra. Sra. de Fátima, não há como não se sentir chamada a estar presente”, destaca Rosane Giacomini Pascualeto, coordenadora de liturgia em uma das Paróquias de Cruz Alta. Segundo ela, muito mais do que ensaiar e buscar atualização dos cantos litúrgicos, o objetivo sempre é de uma revisão e atualização das práticas e vivências desenvolvidas em nossas comunidades.

O encontro previu um momento de formação, que em meio a tantas riquezas partilhadas destaco: “Qual o lugar de Maria nas celebrações? Ela se encontra no ponto de encontro entre Deus e o homem. E diante dessa resposta restam para nós alguns questionamentos e desafios: a nossa devoção Mariana contempla e inclui as atitudes de Maria? A nossa prática na pastoral demonstra atitudes maternas? Qual imagem de Maria, Mãe de Jesus, é apresentada através dos cantos que escolhemos e entoamos em nossas celebrações?

Maria, não é o centro das celebrações, Ela aponta para o Cristo e quer nos ajudar a encontrá-lo na escuta da Palavra e na partilha do Pão Eucarístico. Nossa missão, além do compromisso de repassar às demais comunidades o que foi vivenciado e refletido no encontro é contribuir, através da música, para que o povo de Deus se encontre com Cristo. “...o caminho mais curto para “mergulhar” no Mistério de Cristo.”


Fonte e fotos: Andrinelli Kempf

Publicada em 23/08/2017 às 09:40:08

Mitra Diocesana - Rua Duque de Caxias, 729 - Cruz Alta RS, 98005-200 - (0xx)55 3322-6920